Voos com 737 MAX são autorizados na Argentina

O Boeing 737 MAX está reconquistando o mundo gradualmente após 2 anos inoperante. Desde a sua suspenção, em março de 2019, o jato estava proibido de voar devido a dois acidentes consecutivos.

No final de janeiro, a Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA), liberou o MAX para retornar às operações, assim como outras instituições: FAA (Estados Unidos); ANAC (Brasil); CAA (Reino Unido); Transport Canada; e outras agências africanas.

Assim, a Agência de Aviação Civil Argentina também liberou o retorno dos voos com o MAX. Essa decisão afeta diretamente a Aerolineas Argentinas, única empresa do país a possuir o modelo em sua frota.


Inclusive, a companhia possui quatro 737 MAX e já enviou um pedido para mais nove unidades. A decisão também permite que empresas estrangeiras operem o jato na Argentina.


📰 Fonte: Contato Radar.