FADIGÔMETRO

SOBRE O PROJETO

Este projeto pioneiro no mundo tem como objetivo a criação de um banco de dados sobre o estado de alerta das tripulações da aviação civil brasileira durante suas jornadas de trabalho.

 

A equipe do Fadigômetro fará o mapeamento estatístico da fadiga humana através de software numa amostra de conveniência da aviação civil brasileira, promovendo a identificação de perigos relativos à degradação do desempenho cognitivo, assim como determinando a exposição ao risco no modal aéreo brasileiro segundo as escalas de trabalho dos aeronautas.

 

O projeto contemplará também a propositura de métodos para a análise do risco da fadiga e estratégias para sua mitigação.

COMO PARTICIPAR

Na primeira fase do projeto Fadigômetro somente os aeronautas das quatro maiores empresas da aviação regular brasileira poderão participar da pesquisa.

Uma vez acessado o cadastro, o aeronauta preencherá o formulário e em seguida receberá um código de segurança (via SMS e e-mail) para a validação da sua participação no projeto. Em seguida será solicitado o preenchimento facultativo de um questionário adicional sobre hábitos no sono, saúde e outros dados pessoais.

Após esses passos e com o devido aceite em participar da pesquisa, o aeronauta enviará de forma sistemática as suas escalas de voo executadas (desde novembro de 2017) para o banco de dados do projeto. O aeronauta poderá a qualquer momento interromper sua participação no estudo. É garantido o sigilo de todas as informações prestadas pelo participante, bem como as suas escalas de voo.

O Fadigômetro é um projeto financiado e desenvolvido numa parceria entre o SNA, ABRAPAC, ASAGOL e ATL. O Projeto também conta com a colaboração do Instituto de Física, Instituto de Biociências e Faculdade de Saúde Pública da USP.

Para saber mais sobre o Fadigômetro, entre em contato com a ASAGOL pelo telefone 11 94978-8949 ou pelo email safetyasagol@asagol.com.br, ou acesse www.fadigometro.com.br.

logo_fadigometro.png