Etihad divulgou que todos os seus tripulantes já foram vacinados

Hoje (10), Etihad Airways divulgou que todos os seus tripulantes já foram vacinados. Dessa maneira, a empresa dos Emirados Árabes entende que a medida, além de trazer segurança à saúde de seus funcionários, também traz tranquilidade aos passageiros.


Além dos tripulantes, cerca de 75% dos demais funcionários da companhia também já foram imunizados. Para isso, a Etihad montou um centro de vacinação certificado, o que acaba facilitando o acesso de seus colaboradores à vacina.


O CEO da empresa, Tony Douglas, deu o seguinte depoimento:

“Disponibilizamos a vacina para todos os nossos funcionários, não apenas para ajudar a combater os efeitos da pandemia, mas também para fazer com que os viajantes se sintam tranquilos na próxima vez que voarem conosco. Somos a única companhia aérea do mundo a tornar o teste obrigatório para todos os passageiros e tripulantes antes de cada voo. Agora, somos a primeira companhia aérea do mundo com tripulação 100% vacinada a bordo".

Vale lembrar que no Brasil a vacinação é uma responsabilidade governamental, tendo a #ASAGOL encaminhado um ofício ao Ministério da Saúde no dia 15/12 solicitando a inclusão dos aeronautas no grupo de profissionais que devem possuir prioridade no Programa Nacional de Vacinação contra a Covid-19.


No dia 10/01, o Ministério respondeu à associação informando que os profissionais da aviação estão contemplados no grupo prioritário. Além disso, mencionou que os grupos prioritários do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 serão escalonados para vacinação de acordo com a disponibilidade de doses das vacinas.


A #ASAGOL também entrou em contato, no dia 22/01, com as Secretarias de Saúde do Ceará, Distrito Federal, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro com o objetivo de receber uma expectativa de data para o início da vacinação dos tripulantes de voo - a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo havia sido contatada em momento anterior.


Em resposta, Distrito Federal, Rio Grande do Sul e São Paulo disseram aguardar a disponibilização das doses pelo Governo Federal para que possam escalonar os grupos prioritários para a vacinação, ainda sem data prevista.

As Secretarias do Ceará e do Rio de Janeiro não responderam o pedido de informações feito pela ASAGOL, até a presente data.

© 2021 - ASAGOL

Parceiros: