Resumo das atividades


Caros Associados,

Resumimos abaixo as atividades e iniciativas da Diretoria da ASAGOL realizadas durante a primeira quinzena de fevereiro de 2014.

Campanha de vacinação do Grupo de Voo

Conforme divulgado no nosso último boletim, estamos empenhados para dar total suporte à campanha de vacinação do grupo de voo Gol, fruto de uma proposta da ASAGOL, em parceria com o RH e Departamento Médico. De acordo com o RH da empresa, o processo de escolha do fornecedor está em fase avançada e em breve teremos sua confirmação.

Salientamos que essa campanha representa uma mudança de paradigma que busca combater, de forma eficaz e preventiva, um dos focos principais causadores de Dispensas Médicas dos tripulantes, que são as infecções de vias aéreas superiores e suas consequências. Todos sabemos que as condições diferenciadas a que somos expostos no dia-a-dia (micro-vibração, pressurização, baixíssima umidade do ar, grandes oscilações de temperatura, trabalho em turnos na madrugada, etc..) nos tornam mais suscetíveis ao desenvolvimento de complicações e afastamentos prolongados gerados por infecções corriqueiras.

Assim que tivermos os detalhes dessa campanha,divulgaremos nos nossos canais de comunicação.


Primeira Reunião ASAGOL - Diretoria Executiva de Operações

No dia 27/2 ocorrerá a primeira reunião da ASAGOL com o Cmte. Quito, Diretor Executivo de Operações. Na pauta estarão os assuntos prioritários ao grupo de voo e a continuidade na parceria entre a ASAGOL e a alta liderança da empresa. Para tal, pedimos a participação do nosso grupo com sugestões relativas aos assuntos que mais afetam nossa rotina de trabalho e o ambiente organizacional. Suas demandas e questionamentos podem ser enviados para sugestoes@asagol.com.br. Caso queiram submeter relatórios de prevenção, incluindo questões técnicas e aspectos fisiológicos (fadiga, estresse, etc..), pedimos que usem o nosso canal de segurança operacional: safety@asagol.com.br.


Fadiga Humana

A Comissão Nacional de Fadiga Humana (CNFH) do Comitê Nacional de Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CNPAA) reuniu-se no dia 07/02 para a definição do cronograma de trabalho em 2014. Na reunião, foi reapresentada a proposta da ABRAPAC que deu origem à formação da CNFH em Novembro de 2013 no CENIPA. Nosso próximo encontro ficou marcado para o dia 21/2, data em que o Comandante Raul Bocces irá apresentar uma metodologia para avaliação de fadiga em eventos envolvendo nossas tripulações.


Lei do Aeronauta

No dia 11/02, reuniram-se na sede da ABEAR em São Paulo, os representantes dos aeronautas,empresas aéreas e ANAC para discutir sobre a alteração da Lei do Aeronauta.

A reunião foi marcada por um fato histórico na representatividade brasileira: SNA, ASAGOL, ABRAPAC e ATT juntos e empenhados numa reformulação justa e equilibrada para a nossa regulamentação.

Do lado empresarial, lamentavelmente tivemos a ausência da TAM, bem como dos especialistas em gerenciamento de fadiga das empresas aéreas.

O representante do SNEA, Sr. Odilon Junqueira, reiterou a postura do sindicato patronal de que os representantes técnicos das empresas são prepostos das mesmas e que, por essa razão, ficam impedidos de emitir pareceres imparciais e independentes de interesses políticos. Os aeronautas enfatizaram novamente que discordam desse formato, uma vez que a comissão paritária ficaria impossibilitada de buscar um consenso até nas questões envolvendo segurança operacional. Prontamente, os aeronautas informaram que já haviam obtido consenso entre as Diretorias do SNA e das Associações para um documento final que seria apresentado para a categoria em assembleia num futuro próximo.

O lado patronal manifestou surpresa com o fato de já existir uma proposta de nova regulamentação em estado tão adiantado, fruto dos trabalhos em conjunto das entidades representantes dos aeronautas e solicitou um prazo até o dia 23/4 para finalizar um texto com os termos de consenso entre as empresas. Essa solicitação foi aceita pelos aeronautas, muito embora ressaltando o compromisso para agilizar os trabalhos em função das responsabilidades assumidas em 2013 com os parlamentares do Senado Federal e Câmara dos Deputados.


Acordo Brasil - UE: Céus Abertos em pauta

Durante os dias 13 e 14 de Fevereiro, representantes dos aeronautas realizaram uma força tarefa em Brasília para buscar transparência nas negociações que estão em pauta na reunião de cúpula Brasil-UE agendada para o dia 24/02/2014 em Bruxelas - "Air Consultation Talks Brasil-European Union". A ASAGOL foi representada pelos Comandantes Borghi e Renato Costa e pelo Copiloto Frank Marques. Pelo SNA e pela ABRAPAC estiveram presentes os Comandantes Castanho e Carlos Seixas. Também estiveram presentes e com participação importante alguns tripulantes da TAM que estavam pernoitando na capital federal.

Nas visitas realizadas dia 13/2, que incluíram o Itamaraty, Câmara dos Deputados, Casa Civil e Secretaria de Aviação Civil, os aeronautas manifestaram preocupação quanto ao conteúdo das tratativas e a possibilidade devastadora de abertura dos céus no acordo Brasil-UE. Pontuaram, em encontro com o Dr. Padilha e o Sr. Pedro Pontual na Casa Civil, que essa política de governo, caso adotada, irá inviabilizar as empresas aéreas brasileiras, gerando desemprego em massa e, num segundo momento, aumento das passagens aéreas aos usuários.

Exemplos como Peru e Bolívia foram citados para exemplificar o efeito nocivo de medidas negligentes em relação à evasão maciça de divisas para o exterior.

No segundo dia de exploração, os representantes da ASAGOL e SNA realizaram uma reunião junto ao Ministério das Relações Exteriores (Departamento de Assuntos Financeiros e Serviços) com o Ministro Luís Antonio Balduino Carneiro e o Secretário Pedro Mendonça Cavalcante. Os aeronautas expuseram preocupação quanto ao conteúdo da pauta do dia 24/2, que permanece desconhecido por nos, e solicitaram o envio dos documentos que estão balizando os trâmites para o acordo. Por sua vez, os orgãos governamentais solicitaram que apresentássemos estudos técnicos que justifiquem nossas preocupações com as condições do mercado de aviação civil brasileiro e as consequências do acordo de céus abertos. Por fim, foram apresentados ofícios junto a Superintendência de Relações Internacionais da ANAC - SRI, solicitando a inclusão da ASAGOL e do SNA na reunião de cúpula marcada para o dia 24/2. Os ofícios foram devidamente protocolados na Secretaria de Aviação Civil. A ABRAPAC devera encaminhar oficio semelhante.


Pedimos aos nossos associados que permaneçam atentos aos desdobramentos desse assunto nas próximas semanas.


Até a próxima!


Diretoria da ASAGOL

© 2019 Associação dos Aeronautas da GOL - ASAGOL

Av. Washington Luís, 6817, sala 22, Santo Amaro, São Paulo-SP

Telefone: 11 5533-4197 | WhatsApp: 11 97691-6599 

Parceiros: