Brasileiro assume cargo diretivo na IFALPA


Após um hiato de quase duas décadas, quando entre 1991 e 1996 esteve o Cmte. Fábio Goldenstein, à época Diretor do SNA, à frente da Vice-Presidência Regional da IFALPA para a então representação da América do Sul, o Brasil volta a ter um aeronauta do país ocupando um cargo diretivo na entidade.


Membro da ABRAPAC, a atual representante da IFALPA no Brasil, e Diretor do SNA, o Cmte. Osvaldo Neto foi eleito no último dia 12 de abril Vice-Presidente Executivo da entidade para a região da América do Sul e Caribe.


A chegada do Cmte. Osvaldo Neto ao cargo coroa um trabalho iniciado nesta década com a entrada da ABRAPAC como membro associado da IFALPA, apoiada pelo SNA e as demais associações nacionais, e abre caminho para um fortalecimento ainda maior da representatividade brasileira na entidade.


Considerada a voz dos pilotos profissionais no mercado internacional, a IFALPA representa mais de 100 mil pilotos e engenheiros de voo em quase 100 países, dando suporte às suas necessidades e demandas em busca de melhores condições de trabalho e dos mais altos níveis de segurança operacional.


O BRASIL NA IFALPA - BREVE HISTÓRICO


Ainda na década de 60 tiveram início os primeiros contatos entre os aeronautas brasileiros e a IFALPA, quando a Associação dos Pilotos da Panair do Brasil passou a frequentar as reuniões da organização como convidada, então impedida (como as demais associações brasileiras) pelo Governo Militar de assumir cargo oficial de representação.

Nos anos 70 a função de "participante convidado" passou a ser exercida pela APVAR (Associação dos Pilotos da Varig), ainda sob a limitação imposta pelo Governo Militar, precedendo a participação dos pilotos da ATV (Associação dos Tripulantes da Vasp) e a primeira representação oficial brasileira que seria estabelecida no ano de 1985 pela APT (Associação dos Pilotos da Transbrasil).


Quatro anos mais tarde, em 1989, o bastão de representante brasileiro na IFALPA foi passado pela APT ao SNA (Sindicato Nacional dos Aeronautas), dando início a um processo que culminaria com a eleição em 1991 do Cmte. Fábio Goldenstein, atual Diretor da ASAGOL e então Diretor do SNA, ao cargo de Vice-Presidente Regional para a América do Sul.


Seguiu-se à eleição um período de grande produtividade e atuação do Brasil na IFALPA, perdurando até o ano de 1996 com o Cmte. Fábio Goldenstein à frente do cargo.


Os anos seguintes, porém, viram esta representatividade continuamente enfraquecida levando o SNA a passar seu posto para a ATT (Associação dos Tripulantes da TAM). Esta, por sua vez, decidiu repassar a representatividade para a recém chegada ABRAPAC (Associação Brasileira de Pilotos da Aviação Civil), que iniciou um trabalho de reaproximação e fortalecimento que vem sendo consolidado ao longo dos últimos anos. Com o recente apoio do SNA, ASAGOL e ATT foi então que a representatividade brasileira da ABRAPAC junto à IFALPA foi coroada com a recente eleição no dia 12 de abril de 2015 do Cmte. Osvaldo Neto ao cargo de Vice-Presidente Executivo para a região da América Latina e Caribe.


A eleição do Cmte. Osvaldo Neto inicia assim uma nova etapa para o Brasil na organização, retomando uma caminhada cujos primeiros passos deram-se há cinco décadas e contaram com a participação de inúmeros pilotos de diversas companhias aéreas brasileiras, muitas das quais já extintas.


Uma caminhada que projeta-se duradoura, pautada na união e trabalho conjunto de Sindicato e Associações em prol do contínuo fortalecimento da representatividade dos pilotos brasileiros, tanto interna quanto externamente.

© 2019 Associação dos Aeronautas da GOL - ASAGOL

Av. Washington Luís, 6817, sala 22, Santo Amaro, São Paulo-SP

Telefone: 11 5533-4197 | WhatsApp: 11 97691-6599 

Parceiros: