top of page

737 MAX: FAA solicita nova inspeção no modelo

A Agência Reguladora da Aviação Civil nos Estados Unidos (FAA) anunciou na última terça-feira (4) que haverá uma nova inspeção em alguns Boeing 737 MAX, principalmente naqueles que ficaram estocados por um determinado período de tempo.

Apesar dos acidentes causados no passado com o modelo, essa nova inspeção é simples e afetará poucas aeronaves. As que possuem motor CFM LEAP-1B passarão por análise envolvendo corrosão, um problema que pode desdobrar diversos outros.

Em abril, a FAA recebeu um relatório da fabricante CFM reportando vários casos de falhas na ‘Pressure Sub System (PSS)’. O fabricante relatou que essas falhas ocorrem desde outubro do ano passado, como resultado da corrosão do transdutor de pressão após longos períodos de armazenamento. A investigação do fabricante concluiu que certas unidades, ao serem expostas a condições específicas, tornam esses transdutores mais suscetíveis a falhar.


Para a resolução desse problema, a FAA recomenda que os motores, onde a PSS tenha recebido menos de 15 horas de energia elétrica nos últimos 90 dias, sejam verificados.


📰 Fonte: Contato Radar.

📷 Foto: Divulgação Boeing.


Comments


logo instagram .png
bottom of page