Posicionamento: suspensão das operações com o 737 MAX pela Gol


Caro(a) Associado(a),

Compartilhando os mesmos valores de segurança que norteiam as operações da Gol, a Diretoria da ASAGOL apoia a decisão tomada pela empresa de suspender desde as 20h da segunda-feira (11) as operações com o Boeing 737 MAX.

Apesar da operação na Gol não ter apresentado qualquer intercorrência desde o seu início, em junho de 2018, os acidentes ocorridos com as aeronaves operadas pela Lion Air e pela Ethiopian Airlines trazem consigo questionamentos que precisam ser esclarecidos, e a escolha pela cautela se mostra alinhada com a cultura de segurança operacional da Gol e com o zelo por tripulantes e passageiros.

Cabe destacar aos clientes da empresa que a previsão inicial é de que os voos que seriam realizados com a aeronave serão mantidos na malha, passando a operar com o Boeing 737 NG. A Gol também irá realocar passageiros que tinham voos programados no 737 MAX em outras companhias aéreas, dentre elas a Delta Air Lines.

Por fim, a ASAGOL reitera seu apoio à decisão da Gol, que com ponderação e maturidade fez a leitura do cenário apresentado, e se mantém atenta ao andamento das investigações e às recomendações de segurança que advenham delas. A associação também reforça sua confiança na Boeing, nos órgãos de investigação e nas ações que deverão ser tomadas visando a segurança das operações com o 737 MAX.

Diretoria da ASAGOL

© 2019 Associação dos Aeronautas da GOL - ASAGOL

Av. Washington Luís, 6817, sala 22, Santo Amaro, São Paulo-SP

Telefone: 11 5533-4197 | WhatsApp: 11 97691-6599 

Parceiros: