Câncer de pele


Edição 16

Dra. Cíntia Yoko Morioka


O Dezembro Laranja, mês de conscientização do câncer de pele, acontece há cinco anos no Brasil levando à população diversas campanhas e mutirões para diagnóstico da doença e promoção da saúde.


Definição


O câncer de pele é causado por células da pele e couro cabeludo que sofreram algum tipo de mutação, multiplicando-se desordenadamente e criando um tecido doente, o tumor.


PRINCIPAIS FATORES DE RISCO PARA CÂNCER DE PELE:


  • História familiar de câncer de pele;

  • Pessoas de pele e olhos claros, com cabelos ruivos ou loiros;

  • Pessoas que trabalham frequentemente expostas ao sol, sem proteção adequada;

  • Exposição prolongada e repetida ao sol na infância e adolescência.


OBS: A exposição à luz artificial, dentre as quais destaca-se a utilizada para bronzeamento de pele, aumenta o risco de desenvolver a doença.


QUAIS SINAIS SÃO MAIS COMUNS NO CÂNCER DE PELE?


  • Lesões que não cicatrizam;

  • Manchas e pintas que sangram, coçam, doem ou mudam de tamanho, cor ou espessura;

  • Mudança na textura da pele ou dor.


COMO FAZER O AUTO-EXAME DA PELE?


  1. Em frente a um espelho, com os braços levantados, examine seu corpo (frente, costas, lado esquerdo e lado direito);

  2. Dobre os cotovelos e observe cuidadosamente as mãos, antebraços, braços e axilas;

  3. Examine as partes da frente, de trás e dos lados das pernas, além da região genital;

  4. Sentado, examine atentamente a planta e o peito dos pés, assim como entre os dedos;

  5. Com o auxílio de um espelho de mão e de uma escova ou secador, examine o couro cabeludo, pescoço e orelhas;

  6. Finalmente, ainda com auxílio do espelho de mão, examine as costas e as nádegas.


TIPOS DE CÂNCER


· Carcinoma espinocelular;

· Carcinoma basoceular;

· Melanoma: embora em menor incedência, é o que apresenta maior índice de metastases e alta taxa de mortalidade em estágios mais avancados;

· Sarcoma de Kaposi;

· Linfoma da pele;

· Câncer de pele de células de Merkel.


O QUE DEVO FAZER NO DIA A DIA PARA PREVENIR?


  • Evitar exposição prolongada ao sol entre 10h e 16h;

  • Sempre usar boné ou chapéu de aba larga, óculos escuro, filtro solar com fator mínimo de proteção 15.


OBS: Usar o filtro solar apenas uma vez durante todo o dia não protege por longos períodos. É necessário reaplicá-lo a cada duas horas, durante a exposição solar. Mesmo filtros solares “à prova d’água” devem ser reaplicados.


Prevenção do câncer de pele em aeronautas


Para os aeronautas, recomenda-se utilizar camisa de mangas longas, cap, filtro solar, óculos de sol com proteção anti UVA, UVB e UVC.


Lembrando que os raios UV são fortes na praia, campo e até mesmo na neve, e que as luzes artificiais emitem radiações não ionizantes, podendo causar câncer de pele.

Por isso, fazer uso de filtro solar, constantemente, é importante.


Quais especialidades procurar?


As especialidades que assistenciam são: Dermatologia, Cirurgia Geral, Cirurgia Oncológica, Cirurgia Plástica e Oncoplástica.


Quando detectado no início, o câncer de pele possui grandes chances de cura, mesmo nas manifestações mais agressivas da doença.


Maiores informações: http://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/cancer-da-pele/64/



© 2019 Associação dos Aeronautas da GOL - ASAGOL

Av. Washington Luís, 6817, sala 22, Santo Amaro, São Paulo-SP

Telefone: 11 5533-4197 | WhatsApp: 11 97691-6599 

Parceiros: