top of page

Abertura de capital das empresas aéreas é debatida em audiência pública


Caro(a) Associado(a),


A abertura do capital das empresas aéreas brasileiras foi novamente foco de debates em Brasília, durante audiência pública realizada na quarta-feira (03/05) na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços (CDEICS) da Câmara dos Deputados.


O tema, discutido desde 2015 no Congresso, voltou ao foco com o Projeto de Lei 7.425/17, apresentado em abril pelo Poder Executivo, que propõe a abertura total do capital das empresas para investimentos estrangeiros.


Atentos ao tema, os aeronautas participaram do debate representados pelo Cmte. Adriano Castanho, Diretor do SNA, que reforçou a posição da categoria quanto à necessidade de que qualquer proposta voltada a permitir o controle das empresas brasileiras por estrangeiros contemple a proteção dos postos de trabalho no Brasil, para brasileiros natos e naturalizados, mediante ressalvas trabalhistas.


Também presente à audiência, o Diretor do Departamento de Políticas Regulatórias do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPA), Rogério Coimbra, enalteceu a forma como os aeronautas têm dialogado com o Governo, mencionando serem legítimas as preocupações da categoria.


O debate contou ainda com a participação das empresas aéreas, representadas pela ABEAR, algumas delas defendendo a abertura gradual do capital, começando em 49% e sendo expandida de maneira gradativa até os 100% propostos pelo Governo.


Os aeronautas aguardam agora a tramitação do Projeto de Lei nas Comissões da Câmara para que possam trabalhar pela inclusão das ressalvas trabalhistas, defendendo os direitos da categoria.


Diretoria da ASAGOL

Comentários


logo instagram .png
bottom of page